Riscos na cozinha industrial – ANVISA orienta

cozinha industrial anvisa

fevereiro 11, 2020

Tradicionalmente a cozinha já é um local que apresenta riscos há nossa saúde. Em proporção, uma cozinha industrial, dado seu tamanho, apresenta então muito mais riscos e necessidades de cuidados ainda maiores para manutenção da segurança de todos os profissionais que lá exercem suas atividades.

Primordialmente, é necessário que os funcionários sejam todos treinados e estejam aptos para por em pratica as atividades respectivas. Outra necessidade é o uso de ferramentas e equipamentos em boas condições de uso, eliminando assim, diversos riscos.

Não podemos deixar de falar que o mau dimensionamento de equipamentos, fluxos e contra fluxos, áreas de higienização, sucção de ar (exaustão), entre outros departamentos, afetam diretamente o cliente, trazendo insatisfação e podendo então levar o seu negócio que no inicio era brilhante, a falência. É de suma importância que as vistorias sejam periódicas.

E pra você que é o intermediador de sonhos, sabe que para o empresário que trabalha na produção de alimentos, existe uma infinidade de requisitos, para os quais devem voltar sua atenção, a fim de garantir a segurança em seu restaurante. Deve mostrar que a ANVISA aplica multas aos estabelecimentos que não satisfazem esses requisitos.

Por isso, nós da Scuderia Inox, estamos dispostos a oferecer um trabalho/treinamento de excelência onde o assunto é o sucesso do negócio.

ANVISA ( Agencia Nacional de Vigilância Sanitária).

Conhecida como ANVISA, surgiu em 1999, com a Lei nº 9.782. Sua missão é promover e proteger a saúde da população e intervir nos riscos decorrentes da produção e do uso de produtos  e serviços, sujeitos a vigilância sanitária, em ação coordenada com os estados, os municípios e os distrito federal, de acordo com os princípios do Sistema Único de Saúde, para melhoria da qualidade de vida da população brasileira.

O que a ANVISA fiscaliza na cozinha industrial

Quando um fiscal da vigilância sanitária chega em uma cozinha industrial, ele procura saber se o local cumpre as exigências da ANVISA e se há pontos críticos que podem causar danos a população. Mas não é preciso ter medo da ANVISA, ela é uma das formas de manter sua reputação e imagem limpa no mercado. De uma meneira mais especifica, a ANVSA fiscaliza:

  • A higiene de todo estabelecimento;
  • A higiene dos manipuladores de alimentos;
  • O manejo de resíduos;
  • O controle integrado de vetores e pragas;
  • A presença de um responsável técnico;
  • A implantação de Boas Práticas de Manipulação de Alimentos;
  • A presença do manual de Boas Práticas;
  • O treinamento dos manipuladores;
  • A documentação do estabelecimento;

Entre outros que se encontra na Resolução RDC nº 216 – Dispõe sobre Regulamento Técnico de Boas Práticas para Serviços de Alimentação.

Conclusão

Faça um bom uso dos manuais de segurança, das placas de alerta, para lembrá-los dos riscos existentes. Use corretamente os EPIs.

Alerte seus colaboradores sobre os riscos e ações a serem tomadas na ocorrência de acidentes.

Obedeçam as orientações dos profissionais de segurança, aproveite bem os treinamentos oferecidos pela empresa, realize diariamente os diálogos e participe quando houver, de todo processo da elaboração do mapa de risco do setor de trabalho de cada colaborador.

 

Vamos criar seu projeto, juntos?

Sua cozinha feita por profissionais

Conteúdos que podem te interessar

Fale Conosco